Tudo muda

Será que agora sou adulta?

...a menininha que um dia foi pequena (eu com aproximadamente 2 aninhos)...

Eu sou aquela menininha pequena que gostava de caminhar com o pai batendo longos “papos”, que queria descobrir o mundo, que passava pela rua observando tudo, que amava brincar com bonecas de papel e desenhar modelitos afirmando que um dia seria estilista, que brincava com os primos das coisas mais divertidas, como por exemplo de fazer cozinhadinha na casa da Vó, que gostava da bagunça mas nunca teve coragem de subir em árvores, que queria entender porque o cabelo do tio estava ficando branco e a barriga do vô mais parecia barriga de grávida, que sentava ao lado dos adultos só para bisbilhotar os assuntos e assim aprender mais, que sonhava em ser grande e muito feliz. Ela não era riquinha e não queria acreditar no Papai Noel, mas sempre ficava esperando com expectativa o presente de Natal. Achava estranho quando via adultos se beijando e ficava rindo disso junto com os primos, não quis ser criança por muito tempo, quis crescer antes da hora, quis ser responsável e cuidar de si…mero engano, nunca cuidou!!!

Virou mocinha, vieram amizades, colegas, namoricos, brigas com a mãe porque queria mas nem sempre podia…ai, fase tensa! Amava quando a mãe lhe ensinava a cozinhar, achava aquilo delicioso, gostava de caminhar com a mãe e falar, falar e falar! Virou “quase gente grande”. Quis ser estilista, psicóloga, médica, química, personal trainer, e muitas outras coisas que não caberiam aqui.

Começou uma faculdade de nutrição, resolveu largar no começo, não estava certa de que era o que queria. Voltou para o cursinho, fez muita bagunça, riu muito mas, diferente do que todos esperavam passou no vestibular, foi para outra cidade fazer a faculdade de educação física, morar sozinha, uma nova vida, um novo curso, conhecer gente nova, crescer na vida, quando tudo ficou muito complicado demais arrumou as malas e, de repente voltou para casa dos pais. Meu Deus, quanta mudança!!! Eles ficaram felizes, surpresos, bravos e contentes, sabiam da determinação da filha, determinada sim, vem cá, você acha que é qualquer um que tem cara de largar uma faculdade assim no meio?Não é não!!!

Voltou para a cidade natal, para a casa dos pais  precisava de colo, precisava sentir que em algum lugar do mundo alguém seria verdadeiro com ela, passou por várias decepções, queria sumir, mas decidiu aparecer Foi voltando aos poucos para o aconchego de alguns dos amigos, e decidiu mudar total. Resolveu trabalhar e contribuir com os pais nas mensalidades da nova faculdade, começou a crescer, a amadurecer, se olhava no espelho e ficava assustada consigo mesmo, quase não se reconhecia. Sabe a mania de All Start que a acompanhava desde criança? Ficou guardada por muito tempo…muito mesmo!. As vezes meio frustrada, parecia não ter conseguido crescer na vida…mero engano!!! Resolveu estudar, aprofundar no que queria e sonhou um sonho novo. Queria crescer na vida, mas queria ter vida, ter motivo para viver, ter alguém para contruir junto, sozinha tava difícil!

Tinha um carinha que era seu amigo a mais de cinco anos (acho que já contei isso aqui antes…) e que ela adimirava muito, de repente…descobriu que ele era o cara…ai você já viu, neh, uniu o útil ao agradável. Estudou muito, namorou de mais, resolveram que teriam uma vida a dois, mais antes queriam a famosa estabilidade, que estabilidade é essa que eu ainda não conheci? Mas tudo bem, Se formaram! Aquela menininha antes da colação de grau já estava com a carteira de trabalho assinada por uma empresa conhecida mundialmente, ganhando teoricamente bem, só tinha mais uma coisa a ser feita: casamento!

Organizaram tudo, desde vestido de noiva, músicas e damas até a Lua de Mel, ah…que Lua de Mel!!! Começaram assim a construir a vida a dois, em um mês e meio de casamento descobriram que estavam grávidos, ou seja, a vida agora seria contruida a três, e assim tem sido até então. Eu apaixonada e dedicada a ser mãe e esposa, ele o melhor marido do mundo e o pai herói e a Sophia a nova menininha pequena…

Ah, essa vida…

Anúncios

2 comentários em “Será que agora sou adulta?

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s