Amor Puro

Quem disse que eu não ia sentir insegurança?

Bem, todos já devem saber que estou grávida de novo e estamos muito felizes por isso, é sempre uma delícia saber que a família está crescendo, que nós estamos investindo na melhor herança que podemos ter, os filhos. E eu tinha certeza de que estaria bem mais tranquila na segunda gravidez, que os medos e inseguranças da primeira nem iam passar aqui perto desse coração e desses loucos pensamentos…me enganei!!!

Que estranho, porque eu achei que não sendo mais grávida de primeira viagem aqueles pensamentos “bobos” e aqueles medos chatos estariam bem longe, atormentando qualquer outra grávida de primeira viagem, que nada…eles estão sempre passando por aqui, me irritando, me deixando pensativa e apreensiva, cuidadosa para que nada saia do meu controle (como se eu pudesse controlar alguma coisa…quanta ignorância da minha parte).

Eu sei que não posso controlar nada, mas só quem tem uma sementinha crescendo dentro de si sabe o que sinto a cada minuto que respiro, e agora esses sentimentos são ainda mais profundos, porque tenho uma sementinha dentro e uma gatinha de fora, para eu cuidar, dar carinho, dar frutinha, papa, banho, fazer dormir e desmamar (e isso tem sido meio doloroso…mais para mim do que para ela, garanto…).

O caso é que estou me adaptando novamente, e esses processos são complexos, eu não sei o que está se passando aqui dentro, então passo maior parte do tempo me entretendo com a Sophia, mas repentinamente vem aquele sentimento: “será que essa sementinha está crescendo de acordo?”. Eu não posso sentí-la, as únicas coisas que me provam que ela (falando no feminino por estar falando de “sementinha”, ainda não sabemos o sexo) está aqui é que quando me levanto logo cedo tenho ânsia de vômitos constantes, cólicas chatas, tonturas e outras coisas que nós grávidas sentimos.

Mas então, hoje fui fazer um ultra para ver como andam as coisas, e vi aquela coisinha pequenininha, um pontinho do tamanho de uma semente de gergelim, não dá para ver nada além disso, só que ele está seguro, no lugar certo, dentro de um saquinho de proteção, com irrigação suficiente para continuar crescendo…posso dizer que sai de lá mais tranquila, mas nem por isso deixo de criar expectativas maravilhosas a respeito desse mistério pelo qual estou passando pela segunda vez…

Humor: sorrindo e chorando ao mesmo tempo ( já me acostumei a essa montanha-russa hormonal e sentimental pela qual nós mães e grávidas passamos)

Anúncios

3 comentários em “Quem disse que eu não ia sentir insegurança?

  1. Ah, como te entendo! Mas olha, vai por mim, no final vai dar tudo certo. Vc é capaz e vai conseguir. Todos esses medos, esses pensamentos, essas pequenas tristezas fazem parte do processo e passarão tão-logo sua barriga comece a crescer.

    Beijo grande e não some.

    Curtir

  2. Minha reação foi: Queeeeeee?????? eu naõ sabia Nê!!! vc programou ou escapou?hehehehe agora isso não importa né? mas que bom! a Sophia vai crescer juntinho com o irmãozinho(a)…
    Parabéns!!! Deus te abençoe nesses novo 9 meses! Tudo vai dar certo! fique tranquila viu? Deus está cuidando de vc e de sua familia! Beijo grande! e conte comigo pra o que precisar hein?
    🙂

    Curtir

    1. Bem, programando programando não tava não…mas foi assim com a Sophia também…estávamos apenas treinando…kkkkkkkk….e acabou aparecendo um gol….kkkkkkkkkkkk….estamos muito felizes mesmo…queríamos filhos bem pertinhos um do outro…acreditamos que vai ser muito bom para nós e para a Sophia também…
      beijos…

      Curtir

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s