Gravidez

Esquecida eu? Como assim?

Dizem que grávida tende a ser esquecida e desastrada, tudo lenda, só que ao contrário…kkkkkk!!! É verdade, a gravidez tem como “efeito colateral” o esquecimento, não tem como negar, e não seu porque mas acabamos ficando desastradas também, deixamos as coisas caírem o tempo todo, caímos sem saber como, tropaçamos nos próprios pés. E no meu caso a coisa está ainda pior, acompanha o raciocínio. Tenho eu uma bebê de um aninho e meio, a gatinha Sophia que você já deve ter visto ou ouvido falar e estou grávida de 30semanas, ou seja, o esquecimento aqui é frequente, pergunta para o maridão para ver, mas vou te contar como é o meu dia a dia aqui nessa vida de mãe.

Essa lindeza de quem falei, a dona Sophia aprendeu que não precisa mais andar, já que ela consegue correr, que sabe pular, que pode girar pela sala enquanto dança, ou seja, tombos e mais tombos com frequência e a mãe correndo para acudir. Ela aprendeu a “corori” (colorir) sendo assim eu passo os dias vigiando para que ela não pinte minhas paredes, não adianta, por mais que eu tente ficar atenta têm vestígios de Sophia “cororindo” pela casa toda. Ela canta desde o momento que acorda até a hora de dormir, sim, a minha filha é uma criança feliz. Ela conversa, corre, fala, canta, dança, roda, pula o tempo todo, com ela não tem essa coisa de assistir a desenhos não, para ela a vida é movimento 24hs, e às vezes minha cabeça fica cheia com tanta cantoria, às vezes tenho a leve impressão de que existem mais duas crianças além dela pela casa. Tem como não se tornar uma pessoa esquecida?

O desfralde está indo bem, com muita tranquilidade, como aconselhou o pediatra que a acompanha e na maioria das vezes ela pede para fazer xixi ou cocô, mas nem sempre dá tempo, sendo assim ainda limpo algumas sujeiras pelo chão durante o dia. Organização essa casa nunca mais viu, limpo e tento manter tudo muito higiênico para ela, mas a paranóia da organização está ficando cada vez mais de lado, já estou me acostumando a pegar bonecas no banheiro, giz de cera embaixo do meu travesseiro, livros de “corori” em cima da cama, bolinhas embaixo do sofá, bolonas pelo corredor, e olha que moro em um ap bem pequeno, heim…

Conseguiu acompanhar o raciocínio? Tem como não ficar esquecida mais do que o normal? Acho que tudo isso explica o fato de eu abrir a geladeira e não lembrar o que ia pegar lá, ir até a área de serviço e não conseguir lembrar o que eu precisava fazer, chamar o Juca e do nada esquecer o que ia dizer, ligar para minha mãe e só lembrar que liguei para o número dela assim que ouço ela dizer : “Alô”. A coisa por aqui está ficando cada vez mais engraçada. Sim, nós nos divertimos muito com tudo isso, é claro que uma hora ou outra eu esqueço de algo que realmente era muito importante, mas o maridão tem tido paciência, tem tentado entender que não tem sido muito fácil a vida para essa mãezona prenha já do segundo filho…bem, pelo menos é isso que ele dá a entender, espero eu que seja isso mesmo!

Anúncios

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s