Maternidade

…ele chora…eu choro…

Nós amamos, amamentamos, cuidamos, damos banho, trocamos fralda, fazemos carinhos, ninamos para que peguem no sono, mas é o bichinho resmungar no berço que começamos a reclamar das noites mal dormidas. Aguentamos qualquer tranco, mas quando o assunto é nosso sono viramos fera, repetimos sem pausa que o que mais gostaríamos de ter era mais de 4 horas de sono ininterrupitas, mas será que já nos colocamos no lugar do bebê? Será que já paramos para pensar que ele também sofre? Que não chora porque é chato, mas sim porque precisa de alguma coisa? Hoje estava eu aqui passeando por um blog e li um texto que amei e por isso decidi compartilhar parte dele com vocês. Espero que gostem:

“Pense dormir num lugar perfeito – o colo da mãe – e dar aquela acordadinha num lugar escuro, frio. E daí você tenta mudar de posição, mas não dá. Você ainda não sabe rolar. Você tenta, tenta e, óbvio, pede a ajuda da mãe.

Já devolta ao berço, você acorda de novo. Agora com um incômodo. A fralda está cheia de xixi. Você sabe onde está a fralda, o lencinho, mas ainda não sabe se mexer! Chama a mãe de novo.

E volta pro sono. Uma hora depois, você acorda com o estômago grudado nas costas. Você bem que queria um pedaço daquela pizza na geladeira, mas tudo o que lhe é permitido vem dela: a mãe!

Pronto! Mamou, trocou, ganhou beijos e abraços. Você é capaz de dormir umas 12 horas seguidas. Mas, não! A visita chegou. Todo mundo pega no colo, aperta a bochechinha, cutuca. Depois alguém arranca a sua roupa e banho! Mas você só quer dormir!!!

Daí a mãe nina. Depois o pai chacoalha. A mãe tenta de novo! Nada! Claro, agora você quer brincar! Para que dormir?

Mais leite, outra fralda e você se cansa. Vai pegando no sono pesado e começa a sentir uma cólica dos infernos! Mas assim ninguém consegue dormir!

Passada a cólica, o cocô, a fralda, o leite, outra fralda, agora você dorme. Mas mamãe te deixou de barriga para cima e tudo o que você queria era se deitar de lado. Ela acorda exausta e, em vez de simplesmente te virar, ela começa todo o processo fralda-leite-arroto…

A mãe reclama que não pode dormir, mas ter necessidades e não conseguir supri-las deve ser horrível! Ter que depender de alguém para fazer tudo é angustiante, não?”

Bem, essa “reflexão” aí peguei no Diiirce, um espaço muito legal para nós mamães que estamos aprendendo a ser mãe…

Anúncios

Um comentário em “…ele chora…eu choro…

  1. Tão bonitinho o texto! Esses dias mesmo estava conversando com a minha mãe sobre como deve ser difícil tentar adivinhar o que o bebê quer!

    Boa sorte nessa empreitada e muito amor!

    Curtir

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s