Amor Puro

O amor!

O amor, ah o amor!

É, quem está acostumado a ler o que escrevo aqui já sabe que sou uma romântica sem cura, que acredito no amor, que me dou por amor, abro mão de tudo por causa do amor, seja amor pelo meu namorado (marido) ou  pelos meus filhos. Sou daquelas que chora de emoção, sempre fui assim, desde a adolescência. Já sofri muito por ser assim, romântica, acreditar no que dizem, acreditar em promessas, enfim, já decidi nunca mais amar, já cheguei a acreditar que todos são iguais, já pensei em me amar somente e a mais ninguém, mas sabe o que descobri? Que se não sou assim, não vivo, porque é o amor que me faz respirar.

Mas o que quero falar hoje aqui é sobre a falta de credibilidade de algumas pessoas sobre o amor. Gente, é importante que tenhamos em mente que nenhum ser humano cosegue viver livre de erros, que em algum momento alguém a quem amamos e que também nos ama vai errar, e em alguns momentos nós mesmos vamos errar com quem amamos. Não estou dizendo que você deve ficar a espreita, esperando que a pessoa erre a qualquer momento. Só estou dizendo que você deve estar de coração aberto a todo tempo para que quando a pessoa errar você possa olhar para dentro de você e dizer: “Eu poderia ter errado como ela ou contra ela, por isso devo entender que vale a pena continuar!” É importante aceitar que “quem ama também erra e um erro não quer dizer que a pessoa não te ame mais!”

Ai tem toda aquela história de que para se ter amor é preciso ter companheirismo, fidelidade, cumplicidade, parceria, também penso assim, meu casamento só consegue estar bem porque conseguimos ter os mesmos objetivos, mas nem sempre acertamos um com o outro. Erramos, tanto eu quanto o Juca, mas acredito que é o amor que consegue ser o “remedinho” para “sarar” quando isso acontece, o amor é que nos ajuda a perdoar o outro e a perdoar a nós mesmos, porque só quando nos perdoamos conseguimos nos sentir perdoados de verdade, entende o que estou dizendo?

A vida a dois é cheia de coisinhas, de detalhes, de beijinhos, de carinhos, mas também de erros, de lágrimas e de Perdão! Acho tão triste quando alguém simplismente desiste de amar, porque acredito que ainda que me doa até o fim eu amarei. Não sei viver sem meu coração estar ligado ao amor, sem o frio na barriga, sem borboletas no estômago…o amor é o que corre nas minhas veias e me dá a vida todos os dias e ainda que ele me decepcione quero tê-lo no meu coração para saber perdoar e deixar de lado cada decepção ou frustração.

 “Que eu não desista nunca do amor e que eu não me canse de lutar!”

Obs: tem um outro texto muito legal sobre Cuidar de Amor, leia aqui…você vai gostar!

Anúncios

17 comentários em “O amor!

  1. Amei (!!!) o post! Também sou super romântica e acredito no amor!!!
    Seu post me fez lembrar uma regrinha que temos aqui em casa, regrinha esta que cultiva ainda mais o amor que sentimos um pelo outro!
    A regra é a seguinte: nunca deixar de dizer (e reconhecer!) 3 coisas:
    – Eu errei!
    – Me perdoe?
    – Eu te amo!
    (Podem parecer palavras simples, mas quando se tornam atitudes tomadas na hora certa, nos fazem muito bem!)
    Algumas coisas faz a vida mais doce e, com certeza, o amor é uma delas!
    Bjux
    #amigacomenta

    Curtir

  2. Eu já fui mais romÂntica. Acho que por meu marido não ser (e não dar a menor bola), fui deixando pouco a pouco… Eu não sei se as pessoas estão deixando de acreditar no amor, acho que elas só não têm muita paciência para falar/ler sobre isso. Antigamente era muito mais comum ver pessoas que escreviam poesias, hoje é raro alguém parar para ouvir. Acho que a expressão do amor é que está tomando outras formas…rs

    Beijos
    Tati
    Mulher e Mãe
    #amigacomenta

    Curtir

  3. Ahhh o amor! Com certeza muita pessoas ando esquecendo desse sentimento. Faço das palavras da Rose as minhas, sempre que posto alguma coisa de amor, é a menos visitada!
    Amei o post, disse tudo. Também sou romântica, mas não sei gritar e falar para o mundo todo assim.
    Beijos
    #amigacomenta
    @caemurillo

    Curtir

  4. E não é que somos parecidas, o primeiro paragrafo parece que você tirou da minha vida. Eu também acredito no amor, sou amor, preciso de amor., afinal, ele é a chave de tudo né? Sem ele não há respeito, não há carinho, não há atenção.
    Se houvesse mais amor nesse nosso louco mundo, tudo seria diferente.
    Ótimo post!
    Beijos

    #amigacomenta

    Curtir

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s