Maternidade

Desejo do dia: ser duas!

Fonte: Google Images

Deixa eu te perguntar uma coisa: como faz quando um filho está doente e o outro só quer colo? Bem, desde que o José Miguel nasceu venho me fazendo essa pergunta, não só quando um fica doente, mas em várias outras situações, como por exemplo, no meio de uma mamada Sophia pede para ir ao banheiro, no meio do banho da Sophia o José Miguel acorda e quer colo imediatamente. Bem, eu às vezes, só queria ser duas, para poder fazer tudo sem ter que deixar nenhum dos dois chorando em qualquer momento que fosse, mas a realidade não é essa.

Assim que o José Miguel nasceu já tivemos o nosso primeiro perrengue à três. Foi assim, numa bela manhã, acordei para amamentar, maridão saiu para o trabalho e colocou a Sophia ao meu lado na cama, enquanto eu amamentava o bebê de apenas 8dias ela bebia o seu leitinho suuuuper manhosa. Como ele tinha acabado de nascer, acreditei que era só manha mesmo e fui tentando conversar com ela, explicar que estava tudo bem, quando ela já havia bebido metade do copinho de leite olhou para minha cara e disse “MAMÃÃÃÃE” em meio à uma gorfada beeeeem grande de vômito. Realiza a situação, eu com 8dias pós-parto, barriga cortada e doendo, bebê prematuro no peito, exigia total cuidado na hora de colocá-lo em qualquer lugar e a Sophia vomitando sem parar no travesseiro do pai e nós três sozinhos. Foi muuuuuuuuito romântico.

Na hora fiquei fria e calma, disse a ela que podia terminar de vomitar tudo na cama (enquanto dizia para mim mesma: Depois a gente dá um jeito!), coloquei o pequeno José Miguel no moisés que ficava ao lado da minha cama, como tive que tirá-lo do peito ele chorava como se não houvesse amanhã. Peguei a Sophia no colo aos vômitos (reparou que a peguei no colo com apenas 8dias pós-parto? Louca não, mãe!) e choros e a levei para o banheiro, liguei o chuveiro e a deixei lá enquanto reunia todo o vomitado da cama e tentava acalmar o José Miguel ao mesmo tempo.

Consegui dar o banho nela, colocar a roupinha e fazer um chameguinho para que ela acalmasse um pouco, enquanto isso José Miguel gritava, mas o que eu podia fazer? Era isso ou pular da janela, como eles ainda precisam de mim por um bom tempo opitei por deixá-lo chorando um pouquinho, com peso no coração, mas era só o que eu podia fazer, ela precisava de mim tanto quanto ele. Assim que tudo acalmou, voltei a dar mama até ele pegar no sono. Assim que ele pegou no sono fiz mais um chameguinho nela e limpei a sujeira toda. Difícil, não!?

E assim são meus dias, desejando ser duas. De ontem para hoje e hoje de manhã passamos por uma nova situação. A Sophia está com diarréia e já foi desfraldada, sendo assim pede para ir ao banheiro o tempo todo, a diferença é que hoje o José Miguel já fica sentadinho e brincando, mas se ele pede para ir ao banheiro no meio do suco dele a coisa fica séria e foi o que aconteceu. Estava eu, toda mãe dando suquinho para ele e ela precisa ir ao banheiro, fica ele sentado na sala, olhando para o suquinho, se perguntando: Onde está aquela que me alimenta?” e chorando como se não houvesse amanhã.

Não sinto orgulho por deixar meus filhos chorando, não queria que fosse assim, mas não tenho grana para faxineira mensal imagina para babá, meu marido tem que trabalhar, moro em cidade diferente das avós, ou seja, não tenho outra opção. Espero que eles entendam que isso só acontece em casos de necessidade e que a culpa não é minha por eu não ser duas…rsrs…

Mas e você? Já desejou ser duas?

Anúncios

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s