Maternidade

Entre beijos e mordidas!

549875_2908166358865_1030161359_nPosso dizer que o meu mundo se divide entre beijos e mordidas, isso porque tenho duas crianças completamente diferentes nessa casa. Nunca fui muito dessa coisa de impor o cor de rosa à menina, não comprei e nem compro nada que posso incentivá-la ou fazê-la acreditar que mulheres são cor de rosa, porém, por natureza ela é assim. Adora um rosa, quer tudo rosa, um carrinho de corrida cor de rosa, um Max Steel cor de rosa, um skate cor de rosa, uma bola de futebol cor de rosa, uma camisa do Vasco cor de rosa. Sim, é interessante, porque faz parte dela, ainda que eu ensine que homens podem gostar de rosa e mulheres de azul ela diz: Tá, mas a minha cor preferida é o “cô de ósa”!

Em contrapartida, temos um garoto, que ainda não definiu sua cor preferida mas já deixa claro seu jeitinho nada delicado para com todas as coisas. Confesso que essa diferença de mundos tem me deixado bem curiosa. Não posso dizer que é apenas o fato de ser menino, pode ser que seja a personalidade forte, mas a diferença entre os dois é gritante. Os dois brincam com os mesmos brinquedos, se divertem juntos entre bolas, bonecas, carrinhos e panelas, não incentivamos aquela coisa de “isso é coisa de menino e isso é coisa de menina”, não gostamos disso, até porque acreditamos que pode bloquear a criatividade tanto de um quanto do outro.

A Sophia sempre foi calma, era um bebê que não chorava alto, apesar de ter tido longas crises de choro, não gritava e não dava birra. Agora pegue tudo isso que falei sobre a Sophia, coloque dentro de uma sacola e ouça sobre o José Miguel. Ele chora alto, ele grita e ele dá birra. Uma criança de um ano e um mês que tem me deixado “Looooooooouca…louquinha”. Quando vejo as reações dele acredito que seja sim o testosterona me mostrando quem é que manda…rsrsrs…brincadeiras à parte, mas é isso que sinto às vezes.

A diferença já pode ser percebida na gravidez. Quando estava grávida da Sophia senti muito enjoo, vomitei, perdi peso, mas mesmo assim parecia coradinha e bem. Na gravidez do José Miguel vomitava o mundo, tive sensação de desmaio diversas vezes e me sentia cansada o tempo todo, com os olhos fundos, uma cara pálida.

A Sophia ao mamar era delicada, esvaziava um peito e caia no sono. O José Miguel parecia um bezerro mamando, mamava forte, esvaziava os dois peitos e ainda reclamava. Ela acordava de manhã com um cheiro gostoso, doce, parecia um cheiro de bala. Já ele acorda com um cheiro azedo, suado. Ela beijava, ele morde. Ela passava a mão acariciando, ele faz carinho batendo. Ela ouvia o não e obedecia, ele ouve o não e dá uma risada. Ela toma um copo de leite, ele toma um copo e meio.

O José Miguel me faz entender o que sente uma mãe quando seu filho dá birra em público, me faz sentir a impotência diante disso. O que fazer com uma criança de um ano e um mês que dá uma birra? Bater? Gritar? Sinceramente, não sei. E no caso de não saber apenas fico olhando para ele, esperando o show chegar ao fim.

Estar entre esses dois mundo é mágico, é surpreendente. Ter duas crianças tão diferentes na mesma casa é surreal. Os dois são meus filhos, sairam de mim, mamaram em mim, são criados por mim, mas cada um é de um jeito e isso é maravilhoso.

Não estou sabendo ainda lidar com esse mumdo mas acho que aos poucos vou aprendendo, afinal de contas, ser mãe de dois é delicioso, tanto o cheiro de bala da Sophia quanto o azedo de limão do José Miguel eu guardaria para sempre em uma caixinha para poder cheirar todos os dias, não mudaria nada em nenhum dos dois, eles me ensinam, eles me completam, eles me fazem melhor, posso dizer que eles são o meu tesouro, o meu presente, a minha vida.

…e VIVAAAAAAAA estar entre esses dois mundo!!!

Anúncios

3 comentários em “Entre beijos e mordidas!

  1. Kkkkk tá me parecendo q é tá mais ligado com ser o segundo do q ser menino.
    Aki em casa tb tem um casal, só q oposto do seu um menino de 2 anos e 10 meses e uma menina de 11meses.
    Ele é super tranquilo e silencioso, ela super gritona e agitada kkkk
    Tirando os tratos com os brinquedos e com as pessoas, o Nanni é bem grosseiro as vezes até pra abraçar e beijar ele acaba nos machucando, eu diria q aki é tudo trocado daí kkkkk
    Aki eu tenho um Lord comedido e uma Monica mandona kkkkk
    O mais importante de tudo ė q eles se fazem seres únicos em sua diferença!
    Adorei o post!! Qualquer dia escrevo sobre os meus dois mundos lá no blog e espero sua visita!!
    Bjs
    Mari
    #amigacomenta
    http://maricriando.blogspot.com.br

    Curtir

  2. Você descreveu meu César… Agora com 1 ano e 4 meses, de pura machesa!!!! Birra, gritos e bater é com ele. Tem horas que dá um desânimo!!! Mas ele é muito lindo e tenho lidado com calma com esse jeito “dífícil” de ser… E ele é único, hein…

    Curtir

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s