Maternidade

Porque essa cara? Eu não falei nenhum palavrão!

Imagem de http://balzacamaterna.blogspot.com.br/
Imagem de http://balzacamaterna.blogspot.com.br/

Sabe quando você diz uma coisa e as pessoas todas te olham com uma cara tipo “Porque você usou essa palavra?”!? Então, isso acontece constantemente comigo quando digo a palavra “Parir” e eu ainda não entendi porque! Parir é parir, mas a sociedade ainda é cheia de “vamos usar palavras mais bonitas”, e quer uma palavra mais bonita do que a palavra “parir”? Nela cabe tanta coisa bonita, nela cabe a vida, cabe o amor, cabe a natureza, cabe o início, cabe a beleza de uma nova vida, cabe o nascimento de uma nova mãe.

Eu nunca pari, infelizmente passei por duas cesáreas ( já contei isso várias vezes aqui, neh…mas neh!?) , não sei como é parir, mas quando eu penso em uma mulher parindo eu só consigo imaginar aquela coisa bonita de uma mulher vivendo o momento supremo de ser fêmea. Eu não entendo porque algumas pessoas fogem desse assunto, têm medo. Na verdade eu entendo, acontece que a sociedade, a medida que foi evoluindo foi ficando mais boba, na minha opinião é claro, mas que foi ficando mais boba foi sim.

Esses dias atrás, enquanto eu conversava com uma tia do meu marido entramos no assunto “parir” e ela me contou como a avó dela teve os 13 filhos, sim, ela teve 13 filhos (isso é ser fêmea, minha gente), ela pariu 13 vezes, nenhuma das crias dela morreu no parto, ela não teve complicações, correu tudo muito bem em todas as 13 vezes e sabe como ela paria? Ela entrava em trabalho de parto, ela e o marido entravam para o quarto e fechavam a porta e depois de um tempo ele saia de lá, dizendo que tinha nascido. Você consegue ver a beleza que eu vejo em tudo isso? Eu fiquei encantada com essa história, era só ela e o marido, sem medos, sem mitos, sem nenhuma necessidade que não fosse cumprir o propósito que a natureza lhe havia dado.

Nós evoluímos e nos tornamos medrosos. Não acreditamos mais no nosso corpo, nos nossos instintos, o que um médico, que me vê uma única vez ao mês diz vale mais do que o meu instinto. Eu quero fazer um ultrasom por mês com ansiedade para ver se está tudo bem, como se o meu corpo não fosse capaz de gerar tudo naturalmente bem. Tem gente que acredita mais no que o pediatra diz do que o que o seu instinto materno diz. Ok! Eu entendo que os médicos estudaram para isso e toda essa ciência deles é essencial para salvar vidas, mas a dependência deles tem nos tornado “cães domésticos”, que perderam seus instintos. A cesárea salva vidas, é claro, mas quando desnecessária ela prejudica vidas, eu passei por duas cesáreas e a minha placenta, nessa atual gestação se formou baixa, sabe porque? Por causa das duas cesáreas anteriores. Vai me dizer que ela é a melhor opção? Ela me tirou o privilégio de ser fêmea e de parir e agora pode prejudicar a saúde dessa atual gestação.

Sabe porque as pessoas fazem cara feia para a palavra parir? Porque deixamos de ser o que nascemos para ser! Nos tornamos bichos adestrados, não queremos mais o natural, queremos o artificial, não queremos aquilo que nos demande esforço, queremos pegar lá na prateleira, pagar e levar pra casa. Pronto. Queremos o fácil.

Porque parir dói, parir cansa, parir descabela, parir nos faz perder noção de etiqueta, e isso não é bom! Será? Será que dói? Será que cansa?! Parir dói! Parir cansa! Mas parir é nascer, nasce um bebê, nasce uma mãe! Parir demanda esforço e disposição parar chegar ao resultado final. Parir demanda da mãe, do pai. Parir é amor! Parir não é feio, por isso não venha me censurar quando eu disser “parir” novamente. Obrigada!!!

Anúncios

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s