Maternidade

Criança tem que ser criança…apenas isso!

Essa imagem publicitária foi proibida!
Essa imagem publicitária foi proibida!

Cada vez que vejo publicidade infantil ou propaganda usando meninas como se mulheres fossem fico enojada. Primeiro que a publicidade infantil em si já me incomoda ao extremo, já tive que ouvir da Sophia coisas do tipo “Mas o moço da televisão falou que eu preciso de um daqueles, mãe!”, “Na televisão fala que pra ser forte preciso tomar esse, mãe!”, e isso me irrita tanto. Há quem diga: “É simples, desligue a TV!”. Mas não, não é tão simples porque a publicidade infantil não está só na TV, ela está na prateleira do supermercado, no estacionamento do shoping, no parque, na coleguinha da escola que tem acesso à todos os produtos que a publicidade dita, e em TUDO, mas em TUDO mesmo. Eles pegam pesado! E eles desrespeitam!

Aqui em casa ninguém ganha nada só porque achou legal, nós entramos e saimos de lojas de brinquedos sem comprar nada, sem nenhum problema, sem nenhuma culpa e sem nenhuma lágrima. Eles pedem e nós explicamos e eles entendem! Criança tem inteligência, viu!? Não subestime a inteligência do seu filho nunca, caso contrário ele te dominará com a inteligência e esperteza dele. A Sophia um dia me pediu uma sandália que vinha com alguma coisa, um brinquedo que não me lembro o que era e eu , sabendo da inteligência dela, apenas expliquei que nós compramos apenas o que precisamos e aí contamos juntas quantas sandálias ela tinha e depois disso apenas perguntei: Você precisa de mais uma, filha? E ela soube responder que não e que quando precisasse ia querer aquela. Bem, ela aprendeu a lição, hoje quando quer algo primeiramente pergunta se ou argumenta que precisa, e ela tem apenas quatro anos. E quando percebo que a publicidade é quem está ditando o que ela precisa, explico e ela entende e pronto.

Mas o que me deixa mais enojada é essa força que fazem para que a criança deixe de ser criança, e a apelação é muito maior no mundo infantil feminino. A menina já tem naturalmente o desejo de ser como a “mamãe” e a publicidade apela pra isso, oferecendo sutians infantis, catálogos com apelação, as roupas de meninas são mini roupas de adultos, sapatos com mini saltos, uma coisa horrorosa. Aqui em casa já aconteceu de brincar de passar esmaltes, maquiagem, colocar meus sapatos, meus sutians, “fazer” a barba igual o papai, coisas que crianças fazem, e não só a Sophia já fez isso, mas o José Miguel também fez, e daí?! Mas isso é coisa de criança! Se a Sossô pode pintar as unhas na manicure? NÃO! Se vou comprar pra ela o sutian bunitinho daquela marca super famosa? NÃO! Ela não tem peito e não precisa!

Essa semana surgiu ai um ensaio da Vogue Kids, o ensaio é repugnante, eles usaram meninas para as fotos mas as poses são provocantes, como se fossem mocinhas crescidas e maduras. Isso incentiva não só a adultilização, mas o amadurecimento precoce, se tratando de sexualidade e é um conteúdo totalmente pedófilo, no meu ponto de vista. Estimula a adoração pelo corpo, a conceitos como “O que importa é chamar a atenção!”, “É preciso ser magra!”, “É preciso se mostrar!”, e isso leva à uma geração de mulheres doentes pelo corpo perfeito, nunca satisfeitas, anoréxicas e bulímicas, Sim, é sério assim!

10628477_688789427878785_762910434921093096_n
      Esse tipo de foto pode? Veja mais aqui

E acredita que só depois de ver esse ensaio é que fiquei sabendo que uma marca super famosa e que todas as meninas “devem” usar já fez um ensaio que foi PROIBIDO (a primeira foto do post é desse ensaio)! É minha gente, a tal Lilica Ripilica fez um ensaio assim e em uma das fotos tem uma menina com uma pose bem “ousada” e a mensagem é “Use e se lambuze!”, sério que alguém pode achar isso normal? É melhor rever conceitos, heim!? Aqui batemos na tecla do “sem marca”, compramos em qualquer loja, e gostamos de roupas infantis e sapatos infantis confortáveis. As meninas usam roupa Lilica Ripilica porque ganham, mas não é a moda mais bonita, na minha opinião. Gosto muito mais das coisas da Hering, acho básico, colorido e confortável. E também não gosto de moda adulta para crianças, tipo body da moda, sapato com saltinho e me pergunto com frequência: Quando foi que perdemos o senso de que o mágico da infância é ser criança?

O mais curioso é que dia desses um fotógrafo norte americano fez fotos da filha em momentos de brincadeiras dela durante uma viagem, tem foto dela só de calcinha, usando o piniquinho e as fotos foram excluídas das redes sociais, o perfil dele foi bloqueado e o cara foi, praticamente linchado por causa das fotos, o acusaram de pedofilia, sendo que as fotos continham apenas momentos da filha, não tinha nada “ousado”, achei até tudo muito bonitinho, acho lindo registrar todos os momentos dos filhos, nós fazemos isso aqui. Mas então, as fotos dele foram excluídas das redes sociais e ele sofreu ataques por isso, e uma revista encontra espaço para divulgar fotos e ditar modas para crianças. Esse mundo é de uma incoerência, não!?

Esse tipo de foto não pode?
  Esse tipo de foto não pode? Veja mais aqui

É preciso lutar contra essa adultilização. É preciso defender nossas crianças! É preciso ir contra a publicidadae infantil e portegê-las! Boicote a publicidade infantil pelo bem dos seus filhos!!!

Anúncios

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s