Maternidade · Qualidade de vida

Mas isso está bem resolvido pra você?

O importante é saber que, se você tem por quem viver, seguir em frente não é opcional, é obrigatório e que a força vai ter que surgir, de algum lugar ela vai ter que renascer. (1)

E essa foi a pergunta do dia que me deixou pensativa. Estávamos uma grande amiga minha e eu conversando sobre os cansaços e as frustrações dessa vida de ser mulher, mãe, dona de casa, empreendedora e por aí vai e o quanto nossos ombros ficam pesados às vezes, o quanto a vontade de sentar e chorar é maior que a vontade de continuar caminhando. Todas nós, inevitavelmente, em algum momento, passamos por situações assim.

O importante é saber que, se você tem por quem viver, seguir em frente não é opcional, é obrigatório! E a força vai ter que surgir, de algum lugar. Ela vai ter que renascer. 

Confesso que minha última semana foi um tanto quanto difícil, estava bem desanimada e me sentindo frustrada com tudo, olhei pra mim e não vi nenhum aparente sucesso, é como se toda a minha caminhada até aqui não tivesse valido de nada, sabe!? Na quinta-feira me recusei à ceder, levantei da cama e comecei a arrumar as minhas coisas, até móveis de lugar eu mudei, às vezes é só disso que precisamos, um novo ambiente, um ambiente com novidade, sabe.

Passar uma semana, dia e noite, dentro de um apartamento, cuidando de três crianças, tentando fazer seu negócio crescer, tendo recursos limitados não é nada fácil, é completamente difícil, pra falar a verdade. E isso pode te deixar prestes a surtar. Foi o que aconteceu comigo, quando percebi que a coisa estava feia mandei uma mensagem desabafo para o meu companheiro, que está comigo sempre e que me conhece melhor que ninguém , falando tudo o que estava sentindo naquele momento, e ele, mais uma vez, se mostrou meu suporte, me provou que minha caminhada tem valido sim, e muito. Foi bem nesse momento que decidi mudar tudo de lugar, é como se começasse ali um processo de renovação. Acha que é besteira? Aproveite fazer isso então! 

E hoje, enquanto conversava com essa amiga falei sobre tudo isso, e ela apenas me perguntou “e isso está bem resolvido dentro de você?”, e querendo entender melhor a pergunta dela soltei um “isso o que?”, ela respondeu apenas “essa cansaço e essa frustração que são totalmente normais e aceitáveis para toda e qualquer mulher. Ou você se culpa por sentir assim?” E daí percebi que, por mais que eu lute contra a culpa, ela está sempre aqui, pertinho. Então decidi que, além de mudar os móveis de lugar, é necessário também mudar a culpa de lugar, tirar ela de perto de mim, não acha? Eu acho!

E pra você, heim!? Isso está bem resolvido dentro de você?

 

Anúncios

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s