feminino · Mulher · Qualidade de vida · Utilidade pública

Coletor Menstrual <3

coletormenstrual

E acabamos de completar o 10º ciclo usando essa maravilhosidade, que tem sido, na minha opinião, uma das melhores invenções dos seres humanos. Esse copinho de silicone me salvou de uma forma, que ó, fica até complicado descrever. Sou uma pessoinha alérgica, é sempre sofri muito com absorventes descartáveis. A TPM, por si só, já me deixava irritada, mas o fato de lembrar que em poucos dias estaria usando aquela coisa por 5 dias já sentia vontade de sentar e chorar. Testei todos os tipo de absorventes, experimentei todas as opções do mercado, mas nenhum conseguiu ser menos ruim, quem dirá ser bom.

Quando li sobre o coletor menstrual pela primeira vez fiquei um pouquinho com o pé atrás, achava a estrutura estranha, ficava tentando imaginar como aquilo poderia me ajudar, mas segui pesquisando. Li bastante antes de comprar um, e daí uma amiga linda viu uma promoção para amigas e sugeriu que comprássemos um kit, que na época, vinham com 4 coletores. Compramos, repartimos em 4 garotas e fomos salvas <3.

Antes de mais nada quero deixar avisado que o assunto é menstruação e vagina mesmo, portanto, se você tem “nojinho” ou qualquer outra dificuldade com esse tipo de assunto, abra sua mente e venha desmistificar o feminino, por favor, não páre por aqui, não se retire, continue conosco e conheça mais sobre as verdades do feminino!

cOLETORES

Coletor menstrual, pra quem ainda não conhece, é esse copinho de silicone da foto aí em cima, esse daí foi modelo escolhido por mim, ele é Fleurity, muito molinho, fácil de encaixar, pega vácuo com facilidade e não vaza. Se quer a minha opinião sobre ele, lá vai: INDICO SUPER! (*não tô ganhando um único $golpinho$ por isso, mas tudo bem).

Eles são produzidos em silicone flexível, hipoalergênico e antibacteriano, o copinho pode ser vendido em até quatro tamanhos diferentes. A maioria das empresas, entretanto, oferece duas opções: uma para mulheres com mais de 30 anos, ou que já têm filhos, e outra para quem ainda não atingiu o balzaquianismo e nunca passou por um parto. Ele se adapta fácil ao seu corpo, mas é preciso ter certeza de que o coletor está devidamente encaixado. Vêm com um cabinho entre 7 e 9 cm, que te ajuda na remoção, algumas mulheres cortam um pedacinho desse cabinho, mas não cortei o meu e não me incomoda mais. É fato que nas primeiras vezes é normal se sentir desconfortável ao colocar, mas prometo que com o tempo passa.

Uma coisa muito importante pra que você se dê bem com o seu copinho: CONHEÇA SEU CORPO! SE TOQUE!!!

Primeiramente, que toda mulher deve se tocar, se olhar e se conhecer sem tabus e sem medo, néah, brasel!? O ano já é 2017 e não tem porque ainda tem esse tipo de “medinho”. Mulheres que não se tocam, provavelmente não se adaptaram bem à esses coletores, porque é preciso se conhecer sim. Então dica um: SE TOQUE! (*ps: essa dica é uma dica pra vida, viu miga!? Não é só pro copinho não!)

Outro ponto importante, você precisa se resolver com o seu sangramento, fazer as pazes com a sua menstruação, ficar de bem com o seu ciclo, conhecê-lo, inclusive é muito importante. Quando você esvaziar o copinho vai sair sangue e você precisa estar de bem com isso. NÃO TENHA NOJO DE VOCÊ, GATA! Menstruar não é esse monstro pecaminoso que a religiosidade enfia na nossa cabeça não, não é nojento como o patriarcado disse não. Menstruar é renovação, é a chegada da Lua Nova na nossa vida, é o início de um novo ciclo…conheça sua menstruação e faça as pazes com ela ( vou falar muito isso, que é pra ficar bem gravado aí).

Porque o coletor me salvou?

1- Adeus alergia!

Como disse lá no começo do texto, sou muito alérgica, e tinha alergia à todo e qualquer tipo de absorvente, sendo assim, usava muito absorvente interno. Acontece que o absorvente interno é mais caro e precisa ser trocado com mais frequência, caso contrário, por causar problemas à saúde íntima da mulher. Daí gastava muito e não conseguia fugir completamente da alergia, porque néah, não dava pra viver só com absorvente interno, não é indicado dormir com eles.

Esses coletores são feitos de silicone, não causam reação alérgica nenhuma, podem ser usados por até 12h, não causam risco à saúde da mulher, e sobre esse período de uso, ele é indicado pra que não aconteçam vazamentos. A mulher pode entrar na água, se exercitar, dormir, sem se preocupar.

2- Não vaza!

Sempre tive muito problema com absorventes normais e vazamentos, principalmente durante o sono, eram muito comuns, parece que aquela coisa é feita pra vazar mesmo. Não importava a marca, o modelo, o tamanho, sempre vazava…mas vai ver que o problema era eu, néah!?

Os coletores não vazam, desde que sejam colocados de forma correta, ou seja, pegou vácuo, pode ficar tranquila porque não vai vazar mesmo.

“Aiiin, mas o meu vaza toda vez!” Miga, vai lá assistir um milhão de vídeos no youTube pra aprender a colocar esse trem direito, mas não desiste! Eu tive que assistir um milhão e meio e consegui aprender…hahahahaha

3- Não fede!

Pessoas maravilhosas, sangue no absorvente fede! Sabe porque? Porque os absorventes descartáveis são recheados de componentes químicos e são esses componentes os responsáveis pelo cheiro ruim que sentimos! Quando o sangue menstrual entra em contato com estas substâncias ocorre uma reação química que exala esse cheiro forte e nada agradável! E é por este motivo que muitas marcas fazem absorventes perfumados, para disfarçar este odor.

Além disso, absorventes descartáveis possuem camadas plásticas que não permitem a passagem de ar, criando um ambiente úmido e quente, perfeito para a proliferação de bactérias, aumentando ainda mais o mau odor.

O copinho é de silicone, não possui cheiro nenhum, daí quando você vai tomar banho e esvazia seu copinho, “pá pum”, não tem cheiro de nada, você não fica incomodada, pensando se as pessoas estão sentindo seu “fedor”, você fica toda relaxadona, porque sabe que não fede, não tem odor. É muito bom!

4- Economia!

Ok! Absorvente não é lá a coisa mais cara do mundo, mas ó, a gente menstrua todo mês, então gasta uma quantia todo mês com absorventes descartáveis, não é!? Agora faz as contas de quanto você tem gastado com absorvente? Gata, com o coletor você só tem o primeiro gasto, que é o de adquirir o coletor. E as marcas estão sempre fazendo essas promoções que dá pra comprar com “as mana” e dividir o kit. Tenho apenas um coletor, e não preciso de outro. Até vou investir em outro, porque quero experimentar outras marcas, mas só por isso.

Funciona assim, você ferve ele, em um recipiente de vidro em banho maria, e usa no ciclo. Daí você vai esvaziar e lavar no banho, só com água e sabonete NEUTRO, porque néah!? Pode não dar bom. Eu, particularmente, tomo 2 banhos (ou mais) quando estou menstruada, então dá o tempo de esvaziar certinho. No final do ciclo, você dá uma lavada com sabonete NEUTRO (NADA DE CHEIRO, OK?!), ferve no banho maria e guarda na sacolinha que acompanha ele. É tão simplão que “cê” nem acredita, menina!

Outro ponto a ser considerado é o da sustentabilidade, considerando que uma mulher menstrua, normalmente, dos 12 até os 50 anos, o cálculo estimado é de 10 mil absorventes durante toda a vida. A versão externa demora 100 anos para se degradar na natureza, e o interno cerca de um ano. O mesmo coletor pode ser utilizado durante todo o ciclo por, no mínimo, cinco anos – ou seja, é ecologicamente mais viável. Se bem higienizado, a vida útil do produto pode até dobrar. A recomendação dos fabricantes é que o copinho seja lavado com água e sabão neutro a cada troca – que deve ser feita de 8 em 8 horas, ou menos se o seu fluxo for mais intenso. No final do ciclo, lave com água fervente e guarde para o próximo mês.

Minha experiência com o coletor não foi linda maravilhosa desde o começo. Na verdade, no primeiro e no segundo ciclo deu super certo, mas no terceiro ciclo foi horrível. Eu não conseguia posicionar ele direito, daí não dava vácuo e vazava muito. Foi horrível. Fiquei tão irritada que guardei e prometi nunca mais usar. Mas daí percebi que aquele tinha sido um ciclo atípico, muita cólica e muita irritação. No quarto ciclo correu tudo super bem e no quinto também, mas no sexto o mesmo estress do terceiro ciclo, a mesma irritabilidade, falta de paciência…guardei de novo. No sétimo, no oitavo e no nono correu tudo bem, e no décimo confesso que em alguns banhos me esquecia que estava com o coletor, ou seja, foi perfeito!

É preciso persistência, disposição e paciência. Não é porque não deu certo no primeiro que não vai dar certo no segundo. Seja persistente, gata! Quando você experimentar as maravilhas desse copinho você não vai conseguir explicar como conseguiu viver sem ele antes.

Anúncios

Comente...compartilhe suas ideias também!!! E lembre-se: Comentar não dói e faz uma blogueira feliz!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s